UPA para quatro bairros

A PMJP, com um investimento de R$1,3 milhão, abriu o serviço de cardiologia no Hospital Santa Isabel. A prefeitura recebeu do Ministério da Saúde recursos de R$1,7 milhão para aquisição de um equipamento de hemodinâmica, que possibilitará ao Hospital Santa Isabel fazer cirurgias cardíacas. O serviço deve ser implantado até o final deste ano.

O equipamento realiza procedimentos de alta complexidade como cateterismo cardíaco, angioplastia coronariana e dos membros, embolização cerebral e tratamento de embolia pulmonar.

Dentro do hospital, foi inaugurado ainda o novo laboratório de análises clínicas, resultado de um investimento de R$490 mil. O Santa Isabel conta ainda com um serviço de cirurgias plásticas reparadoras para mulheres vítimas de violência doméstica.

Duas novas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) começaram a ser construídas. Uma delas no Valentina, com previsão para inauguração em julho, e outra em Cruz das Armas, prevista para inaugurar dentro de um ano. Outras duas UPA também serão construídas nos Bancários e no Geisel, e estão em fase de confecção do projeto arquitetônico.

Com a entrega dessas quatro unidades, João Pessoa passará de apenas uma UPA para cinco, o que assegura atendimento de qualidade para um milhão de pessoas de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

Passaram por reforma 10 Unidades de Saúde da Família (USF) no Bairro das Indústrias; Torre II; Geisel I, II e IV; Castelo Branco; Costa e Silva; José Américo I; Bancários; Alto do Mateus IV e I; e Anayde Beiriz.

Além disso, foram assinadas as ordens de serviço para a construção de 14 novas USF, sendo duas no Jardim Cidade Universitária, e as outras no Distrito Mecânico, Colinas do Sul, Timbó, Valentina, Doce Mãe de Deus, Gramame, Oitizeiro, Paratibe, Mangabeira, Cidade dos Colibris, Bairro das Indústrias e Cristo Redentor.

O Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) de João Pessoa também passou por reforma. A cada ano, o Lacen, que é um dos maiores e mais bem equipados laboratórios do Nordeste, realiza cerca de 3,5 milhões de exames e atende aproximadamente 450 mil pacientes. O laboratório faz mais de 150 tipos diferentes de exames, como hematologia, hormônios, imunologias, microbiologias, fezes e urinas.

Por mês, o Lacen é responsável por cerca de 300 mil procedimentos, em 30 postos de coleta do município. A novidade é que a partir e julho, com o novo sistema de gestão laboratorial, todos os usuários da rede pública que fizerem exames no laboratório poderão ter acesso aos resultados online em qualquer computador.

A PMJP também entregou à população as novas instalações do Caps Gutemberg Botelho, em Tambauzinho, e do Centro de Referência na Saúde do Trabalhador (Cerest), localizado no Cais de Jaguaribe. O principal objetivo do Cerest é fortalecer a política de saúde do trabalhador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *