A saúde como compromisso

Melhorar as condições de saúde do cidadão pessoense é um dos maiores desafios da Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP). Empenhada nessa missão, a PMJP tem realizado várias ações através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) visando atender a um público cada vez maior de forma mais eficiente.

A rede pública de saúde do município conta hoje com 1.281 médicos. Programas como o Mais Médicos e o Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) acabaram com a falta de médicos nas USF. São 24 médicos do Programa Mais Médicos, 33 do Provab, 30 da residência médica e 15 da residência médica em saúde da família.

A atenção básica conta com 207 médicos, entre contratados, residentes e itinerantes. Outros 24 médicos estão no serviço de atenção domiciliar e 748 nos hospitais da rede pública. Os Centros de Assistência Integral à Saúde (Cais), os Centros de Atenção Psicossocial (Caps) e os Centros de Assistência Integral à Saúde do Idoso (Caisi) formam a rede especializada, com 110 médicos.

A rede de atendimento pré-hospitalar, formada pelas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) e o Samu, conta com 93 médicos, sendo 29 nas UPA e 64 no Samu. A rede de saúde do município conta ainda com 342 dentistas.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) agora conta com 23 novas ambulâncias para atender a região metropolitana de João Pessoa, o que significa uma renovação total da frota.

Para possibilitar um diálogo aberto com cada categoria de serviço de saúde, foi criada a Mesa Municipal de Negociação Permanente do SUS em João Pessoa. O intuito é melhorar as condições de trabalho dos profissionais da área e, consequentemente, o atendimento à população. A prefeitura regulamentou a jornada de trabalho de 30 horas semanais para os profissionais de enfermagem e psicologia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *